Macacus-humanus

3 mar

Querido amigo curioso, andei meio sumida daqui porque infelizmente meus sonhos tiraram umas férias. Estava difícil lembrar de mais algum e geralmente o despertador só atrapalha. Acordar todo dia com um despertador que faz um som de galo só me faz pensar, obviamente, no galo, e dar um pulo da cama achando que eu já perdi a hora.

Mas para minha surpresa, hoje eu sonhei algo e me lembro! Ok, foi bem curtinho, afinal acordei às 4h30min da manhã lembrando que eu tinha que colocar umas roupas pra lavar e transferir um arquivo do pendrive para o computador. Nesse caso é melhor mesmo eu levantar de madrugada do que deixar pra fazer as coisas de manhã. Já sei que não vou fazer mesmo.

Bom, vamos lá ao sonho curtinho entre as 5h e 7h da manhã de hoje.

Tudo começou com uma viagem. Eu e minha sogra estávamos viajando para uma casinha rústica no meio de um matagal não identificado. Na verdade, a casinha era tão rústica que mais parecia um cativeiro. Mas estava legal, eu curtia aquele momento selva ali.

A manhã passou e de noite veio a calmaria. À noite eu não sei pra onde tinha ido a minha sogra, porque eu estava sozinha na cama vendo um desenho do Pluto (?) projetado na parede (tecnologia no cativeiro!).

Quando a manhã chegou estavam na casa minha sogra e o irmão dela, que tinha acabado de cortar o cabelo, e isso eu me lembro bem, afinal ficou legal o corte de cabelo nele, hahah. Pela lógica, se é que sonho tem lógica, minha sogra deve ter cortado o cabelo dele, porque na selva fica complicado encontrar cabeleireiro.

Com a galera ali reunida, resolvemos dar uma volta. E eu, cabeça de vento, esqueci as janelas abertas.

No caminho lembrei que meu pai tinha me dado um precioso aviso antes de eu sair de casa: “Cuidado que pra onde você vai tem macaco com cara de gente”.

Uma pausa para uma breve reflexão para os sonhos que envolvem meu pai. Não sei porque mas as frases mais célebres dos meus sonhos vêm dele, como no sonho anterior, do microondas que ele encara os bandidos e no sonho do Voando Baixo que meu pai me liga pra dizer que eu tô voando com a busanfa passando perto das pessoas.

Voltando ao sonho atual, com mais uma frase memorável do meu pai sobre os macacos com cara de gente, o que se sucedeu foi que eu esqueci desse detalhe. Poxa, com as janelas abertas a casa ia ficar cheia de macaco-gente!

Quando voltei, obviamente tinha macaco na casa. Mas não era da espécie macacus-humanus, mas era miquinho desses que a gente vê em um passeio ao Pão de Açúcar…

Mas de repente, quando olho pra baixo, vejo um mico, pequeninho, assustador. Uma coisa bizarra, pior que montagem mal-feita de Photoshop: um macaco cara de gente!

Gente, o bicho tinha cara de um homem de uns 30 anos, narigudo, nada bonito. Mas diferente do que eu pensava, não pensava como gente e nem falava. Ficava mostrando os dentes e fazendo barulho de macaco “qui qui qui qui qui“. Se eu fosse você imaginaria essa cena ridícula. Um mini macaco, com cara de um homem de 30 anos, mas em miniatura, mostrando os dentes e fazendo grunhidos de macaco. No sonho eu achei aquilo muito fofo e deixei o bicho gente dar uma volta pela casa.

Depois que ele se foi, a galera resolveu voltar pra casa também, afinal, já tinha acontecido coisa interessante suficiente pra somente 2 horas de sonho.

 

Anúncios

2 Respostas to “Macacus-humanus”

  1. Alex Frechette março 28, 2011 às 4:58 pm #

    Legal seu blog, gostei dos relatos e também das ilustrações! Tenho também um diário onírico. Achei o seu quando fui registrar o nome. O meu é http://diariooniricodealexfrechette.wordpress.com
    bj

    • letmotta março 28, 2011 às 5:09 pm #

      Legal! O seu tem um quê mais poético. Curti. Somos 2 sonhadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: